A descoberta de uma nova serpente resolve este antigo mistério científico

Publicado por Redbran - Há 27 dias - Outras Línguas: FR, EN, DE, ES
Fonte: Zoosystematics and Evolution
Uma serpente de cores notáveis foi descoberta na região do Hejaz, na Arábia Saudita. O Rhynchocalamus hejazicus, com seu colar preto e tonalidade avermelhada, distingue-se dos seus parentes mais próximos. Uma variante uniformemente preta, chamada "morfotipo melanístico", também foi identificada. Esta espécie preenche uma lacuna de distribuição entre o Levante e as regiões costeiras do Iêmen e Omã para o gênero Rhynchocalamus.


Rhynchocalamus hejazicus em plena natureza.
Crédito: Fulvio Licata

Esta descoberta é fruto do trabalho de uma equipe internacional de cientistas do Centro de Pesquisa em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO) em Portugal e da Universidade Charles na República Tcheca. Seus resultados foram publicados na Zoosystematics and Evolution, uma revista da Pensoft em colaboração com o Museu für Naturkunde de Berlim.

Rhynchocalamus hejazicus vive em solos arenosos e pedregosos com cobertura vegetal variável, incluindo habitats perturbados pelo homem. Esta adaptabilidade indica que a espécie atualmente não está ameaçada de extinção segundo os critérios da IUCN. No entanto, seus hábitos noturnos e história natural ainda são pouco conhecidos, necessitando de mais pesquisas e esforços de conservação.

O Reino da Arábia Saudita, especialmente através da Comissão Real para AlUla, incentiva a intensificação dos estudos de campo e das colaborações científicas. Esses esforços levaram a descobertas significativas, como a desta serpente, resultando de coletas intensivas em torno da cidade-oásis antiga de AlUla. A descoberta de uma serpente tão distintiva sublinha a importância de fortalecer os esforços de monitoramento e coleta para capturar plenamente a diversidade das espécies em áreas ainda inexploradas.


Morfotipo melanístico de Rhynchocalamus hejazicus.
Crédito: Fulvio Licata

O Rhynchocalamus hejazicus poderia representar a peça que faltava no quebra-cabeça, revelando aspectos ocultos da biodiversidade da Península Arábica. Isso abre caminho para novas descobertas potenciais de espécies ainda desconhecidas na região.
Página gerada em 0.157 segundo(s) - hospedado por Contabo
Sobre - Aviso Legal - Contato
Versão francesa | Versão inglesa | Versão alemã | Versão espanhola